Casa comigo? Hoje?

20:34

Imagem: Pinterest

 *Para ler ouvindo!

- Meu bem, já faz tanto tempo que desejamos, porque não casamos hoje à noite? - disse Augusto entre risos eufóricos.

- Você enlouqueceu? - indagou Bia - E os meus pais? Que loucura é essa?

- Sabe amor, já faz tempo que tento entender o motivo de esperarmos tanto por uma escolha que já está decidida em nosso coração. Eu sei que quero, e sei que você também quer. Não é? (Bia afirmou balançando a cabeça) E então, meu amor? Pra quê esperar mais? Vamos agora! Eu conheço um lugar, uma pessoa. Vamos casar! Vamos casar hoje à noite.

Entre lágrimas, Bia e Augusto se abraçaram e beijaram carinhosamente, confirmando o sim mais esperado de suas vidas. 

Correram com destino naquela noite chuvosa de agosto. E sempre sonharam em casar nesse mês, vale salientar. Chegando ao destino Augusto correu pra abrir a porta do carro e pegou Bia em seus braços, aninhando-a junto a si. Quem avistava aquela cena ao longe, certamente se encantaria e teria a certeza de que ali duas pessoas se amavam verdadeiramente. 

Entraram na pequena capela e procuraram o padre-amigo de Augusto, que ao saber do desejo dos dois os abraçou ternamente e lhes confirmou que faria sim o casamento, ainda que de forma tão inesperada. Não podia se negar a abençoar um amor tão nítido.

No momento dos votos, Augusto declarou olhando nos olhos de Bia:
- Hoje, nós dois nos tornamos um só diante dos céus. Devo dizer que na verdade, desde o primeiro momento em que nos encontramos, já nos tornamos um. Desejei minha vida inteira você e como um presente inesperado você chegou de mansinho, tímida, levando meu coração consigo. Eu amo você. E amo pela entrega do seu olhar repousando no meu, pela ternura de sua voz ao me fazer enxergar a vida com mais clareza, o calor do seu abraço me dizendo que está tudo bem pois nos temos. Hoje, nós dizemos sim porque somos o sim um do outro. Você é a maior certeza que tenho na vida, e é a você que quero dedicar os tantos outros anos que estão por vir em nossas vidas. Você não sabe, mas costumo lhe olhar fazendo as coisas mais simples, como cortar verduras, calçar suas sandálias e sempre vejo o quanto se dedica a cada coisa, por mais simples e corriqueira que seja. E assim você também tem se dedicado à nossa história: olhando com cuidado e encanto até pras coisas mais simples. E por essa simplicidade que você trouxe pra minha vida, hoje lhe entrego esta aliança (e nessa hora a surpreendeu com uma linda aliança comprada às escondidas), e ela representa um elo simples, mas que de tão simples não pode ser comparado a nenhum tesouro. Que continuemos a dizer sim um para o outro, hoje e todos os dias.

Em meio a lágrimas que não havia mais como conter, Bia segurou o rosto de Augusto em suas mãos e lhe disse:
- Não consigo pensar em muito nesse momento, mas todas as vezes que olho pra você só consigo enxergar essa simplicidade que você falou que enxerga no que eu faço. Na verdade, lhe vejo entregar seu coração a cada coisa em sua vida, e ao nosso amor você se dá de tal forma que faz com que eu me encante, mais e mais. Olho em seus olhos e me enxergo neles, porque somos um, e de fato desde que nos conhecemos. A partir de hoje já não há mais como negar que somos abençoados. Nós nos temos hoje, e será assim até o fim. Você é o tesouro que citou, e é incomparável a qualquer valor humano. A sua vida é na minha a maior prova de que lá nos céus alguém planeja com muito carinho entregar corações abertos só a quem poderá cuidar dele. Você tem cuidado do meu coração desde o primeiro dia, e eu prometo que cuidarei do seu até o último. Amo você, hoje e até o fim.

Declarados casados, sorriram e se olharam encantados. Sabiam que a partir dali continuariam o sim diariamente, mas agora com a entrega de uma união desejada e cuidada pelos dois. Selando com um beijo sereno e demorado, deram o primeiro passo para o resto de suas vidas e eram as únicas testemunhas necessárias sabendo que a história vivida era a mais verdadeira que se pudesse pensar em existir.



Magda Albuquerque

BEDA 16/31

You Might Also Like

10 comentários

  1. Aiiiii Magada, cada dia que venho aqui eu me apaixono mais e mais. Quero um amor assim lindo e leve como o seu! E que venha logo o casamento HAHAHAHAHA

    Beijos love! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai meu paaaaaaai...

      Que linda, tu!

      Beijos meu bem!

      Excluir
  2. Gente, meu coração não guenta tanto amor. Cada texto eu fico mais apaixonada. Que amor esse conto. Lembrei de Janeci; largo tudo, se a gente se casar domingo...

    Lindo. *;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que gostou! Que feliz!
      E não dou conta de Jeneci... Tá na minha trilha sonora, e quero aquela música no meu casamento. <3

      Beeeeeijo :*

      Excluir
    2. casei com Janeci também.
      quando te vi passar fiquei paralizada...

      Teu casamento vai ser amor-amor, Magadinha. Esse amor de vocês transborda tão lindo ♥

      Excluir
    3. Aaaaaaain (queria aquele emoji de olhinhos de coração aqui)
      Vai sim, e vai ser um encanto de dia! ♥

      Excluir
  3. ai que lindeza de texto. <3
    E o melhor é que esse sim é o começo das simplicidades mais maravilhosa da vida deles. Casar é tão bom. ♥

    Um beijo meu amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Casar é tão bom' <3
      Aaaaaaaaaaain que amor!

      Beijo, beijo, beijo :*

      Excluir
  4. ''Um conto que deu vontade de ler e reler quantas vezes fosse possível, comentei com meu namorado e tive momentos incríveis por causa desse conto, se pudesse daria um prêmio para a Magda, sinceramente tá muito lindo!! '' Não aguentei de tanto amor e coloquei o meu preferido na minha lista de links da semana, um dos melhores contos que eu já li <3

    Beijinhoos :**

    http://diariofemininno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que coisa mais linda, Layla. Que comentário mais amor!
      Que feliz eu fico em saber que meu conto lhes tocou assim. Muito feliz mesmo!
      Obrigada pelo carinho, e por essa indicação.

      Um beijo bem grande :*

      Excluir

Seguidores